E já são 40 anos e 25 edições - com algumas paradas no meio do caminho, é verdade - de persistência e insistência até conseguir consolidar, em Goiás e no Centro- Oeste (quem diria?), um espaço de divulgação e valorização das artes visuais. E o crescimento, ano a ano, do Salão Anapolino de Arte, seu êxito como instrumento de estímulo e fomento à produção contemporânea fortalece a convicção de que vale a pena continuar lutando para mantê-lo e aprimorá-lo.

Os números da 24º edição são prova suficiente. Além de ter registrado recorde de inscrições - foram 795 -, de contar com a participação de artistas de quase todos os estados, também foi a primeira em que a quantidade de homens e mulheres selecionados foi absolutamente igualitária. Quanto à premiação e ao processo seletivo para a exposição, algumas mudanças foram feitas em relação ao Salão anterior. A novidade deste ano é a categoria Fomento à Produção Anapolina, criada para estimular os jovens talentos da cidade.

O Salão Anapolino de Arte assume como missão contribuir para o contínuo processo de fortalecimento da arte e apoiar jovens artistas. E, também, cumpre o papel de colaborar para a formação do acervo de arte contemporânea do Museu de Artes Plásticas de Anápolis - Mapa -, unidade da Secretaria Municipal de Cultura. As aquisições, chanceladas por uma equipe curatorial de renomados profissionais do circuito nacional, permitem a criação de um acervo que reflita questões pertinentes ao homem contemporâneo, garantindo assim, a memória patrimonial do nosso tempo.

E, também, se apresenta como espaço de reconhecimento aos artistas goianos com o Prêmio Artista Convidado, categoria lançada no ano passado. Nesta segunda edição, a organização do Salão Anapolino faz homenagem ao goiano Siron Franco, que tem seu nome marcado na história da arte brasileira e projeção internacional. Selma Parreira, Dalton Paula e Marcelo Solá foram os homenageados no ano passado. Com o Prêmio Artista Convidado, o objetivo é reconhecer a importante contribuição desses artistas na projeção da arte contemporânea goiana em âmbito nacional e internacional.

Com realização da Prefeitura de Anápolis/Secretaria Municipal de Cultura em parceria com a Associação dos Amigos da Galeria Antônio Sibasolly, mais uma vez o evento conta recursos do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás para sua execução.

Inscrições até 23h59min do dia 24 de abril de 2020.

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO
Fazer o Download do Edital e modelos para documentação
Preencher Informações Pessoais
Anexar a Documentação e Enviar
Site melhor visualizado com o Firefox

Aguarde...